top of page
  • Writer's picturesintrafap

Parte, aos 75 anos, Avelino Ganzer, fundador da CUT e defensor dos trabalhadores rurais

“Perdemos um lutador, um formador, um organizador e um grande estrategista. Uma das maiores lideranças que o movimento sindical cutista teve”



Aos 75 anos, o dirigente sindical e trabalhador rural Avelino Ganzer perdeu a luta contra um câncer raro na medula e partiu nesta quarta-feira (13), em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), no Pará.


Defensor dos direitos trabalhistas, Avelino Gazer, ajudou a fundar a Central Única dos Trabalhadores (CUT), da qual foi o primeiro vice-presidente nos anos 1980, e o Partido dos Trabalhadores (PT). Sua trajetória de luta inclui resistência à ditadura militar e defesa dos trabalhadores rurais, com especial atuação na região Norte do país.


Nota de pesar da CUT:

A classe trabalhadora perde um de seus maiores líderes: Avelino Ganzer

O colono gaúcho que rompeu fronteiras para lidar com a terra no Pará foi um dos precursores do movimento de luta por direitos que deu origem à CUT, onde foi vice-presidente e organizou os trabalhadores e as trabalhadoras rurais no Departamento Nacional dos Trabalhadores Rurais da CUT (DNTR) e na Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag).


Forjado nas lutas pela terra e na concepção libertadora das comunidades eclesiais de base, incansável na defesa dos ideais de justiça, igualdade e solidariedade, sempre teve um olhar de fraternidade e delicadeza, mesmo nas horas mais difíceis e como denominam alguns de seus companheiros “um lutador que soube dar sentido à vida”. Assim foi a trajetória e o sentimento de quem vivenciou lutas e enfrentamentos com Avelino.


Mesmo nos últimos dias, acometido de uma grave doença, emanava serenidade e esperança. E fez uma linda homenagem nos 40 anos da CUT. Em seu texto, a convicção e o sentido de classe que o acompanhou em toda a militância, ecoou forte ao contar do primeiro congresso, de fundação da CUT: ”os trabalhadores rurais do país inteiro e agricultores familiares, em busca de um grande sonho, sair da luta, tipo de uma categoria (trabalhador rural, médico, dentista, metalúrgico, professor da universidade), que é uma coisa corporativa, cada um olhando para seu próprio umbigo, para dar um passo adiante no sentido de compreender que unificar a classe trabalhadora como um todo, respeitando a particularidade de cada categoria e ao mesmo tempo buscando construir diversidade de categorias da classe trabalhadora era o melhor caminho”.


Perdemos um lutador, um formador, um organizador e um grande estrategista. Uma das maiores lideranças que o movimento sindical cutista teve. Nesse momento de perda e dor, a CUT reverencia a jornada de Avelino Ganzer e seu legado e envia os sinceros pêsames para a família e a comunidade em que viveu suas lutas e seus últimos dias.


Executiva Nacional da CUT

13 de dezembro de 2023


Fonte: Contraf-CUT

1 view0 comments

Comments


2.png
logo 1.png
3.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Whatsapp
  • X
bottom of page