top of page
  • sintrafap

Sintraf-AP pela primeira vez tem representante da diretoria da Contraf-CUT

No Congresso foram debatidos temas importantíssimos para os trabalhadores do ramo financeiro e toda a sociedade



No 6º Congresso da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) realizado em São Paulo, nos dias 1, 2 e 3 de abril, foi eleita a nova direção da entidade e definida as diretrizes para o plano de lutas da próxima gestão.


Os delegados do Amapá do Sindicato dos Trabalhadores do Ramo Financeiro do Amapá (Sintraf-AP) foram o diretor Financeiro, Edson Gomes, e a Secretária Geral, Bruna Athayde.


De acordo com o Diretor Edson Gomes, no Congresso foram debatidos temas importantíssimos para os trabalhadores do ramo financeiro e toda a sociedade. “Foram assuntos ligados a ações que visam reconstruir o Brasil que queremos, sem fome, com direitos, soberano e democrático”, ressaltou.


Pela primeira vez o Sintraf-AP terá um representante na diretoria eleita da Contraf-AP, a Secretária Geral Bruna Athayde para o Conselho Fiscal. Ela destacou que a próxima gestão será de muitos desafios.



“O congresso apresentou os maiores desafios para o ano de 2022, pautas como a renovação da CCT e a ampliação da representação legal dos trabalhadores do ramo financeiro que fazem parte do grupo periférico que ainda estão desassistidos. O congresso debateu a importância da unidade, fortalecimento das entidades e as mudanças no cenário político com as eleições presidenciais 2022”, destacou Bruna.


Foram aprovadas ações que serão realizadas pelo Sintraf-AP, como criação de comitês de organização e luta de bancários por todos o Brasil; a defesa dos bancos públicos; união dos trabalhadores em seus ramos, defesa do sistema financeiro nacional; eleger representantes que tenham compromisso com a classe trabalhadora nas eleições de 2022; renovação das convenções coletivas de bancários e financiários (CTT) entre outros.


17 views0 comments

Comments


bottom of page