top of page
  • Writer's picturesintrafap

Live vai debater proposta da Caixa e Funcef sobre equacionamento

Será na segunda-feira, dia 20, às 16h, pelo Youtube da Fenae


Na segunda-feira, 20 de maio, às 16h, a Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae) realizará uma live para discutir as medidas propostas pela Caixa Econômica Federal e pela Fundação dos Economiários Federais (Funcef) visando a redução do equacionamento. O evento será transmitido pelo YouTube da Fenae.

Faça sua pergunta!

Os participantes dos planos e demais interessados poderão debater e esclarecer suas dúvidas sobre a proposta, bem como sua consequência para o benefício futuro dos participantes. Quem quiser fazer perguntas devem enviar as questões para o e-mail fenae@fenae.org.br.

Sobre a proposta da Caixa e Funcef

A proposta apresentada pela Caixa e pela Funcef prevê a retirada de direitos dos participantes e o aumento do prazo de pagamento das contribuições extraordinárias. A proposta não cita o contencioso ou a alteração da taxa de juros da meta atuarial, que poderiam reduzir o equacionamento sem prejudicar os participantes.

Entre as medidas propostas, destaca-se a unificação dos três equacionamentos vigentes em um único, com o alongamento do prazo em mais 6 anos, passando de 12 para 18 anos, representando um aumento significativo em relação ao prazo atual. Além disso, a proposta inclui a retirada de direitos dos participantes, denominada pela Funcef como “adequação no regulamento dos benefícios futuros”.

Os direitos que se pretende retirar são a redução da pensão para 50% + 10% por dependente, limitado a 80%, redução da idade limite para recebimento da pensão para os filhos para os 21 anos, fim do Auxílio Pecúlio, atendimento à Lei 3.135/2015 (tabela de temporalidade), e alteração do início de acumulação do benefício saldado no Fundo de Acumulação de Benefício (FAB).

Leia também:

Em termos financeiros, essas medidas representam um montante de R$ 2.921,119 bilhões. A contrapartida da Caixa seria apenas antecipar sua parte no equacionamento, aportando outros R$ 2.921,119 bilhões. Com todas essas mudanças e o alongamento do prazo em 50%, a alíquota das contribuições extraordinárias passaria dos atuais 19,16% para 10,25%.

ServiçoLive: Equacionamento – proposta da Caixa em debate

Data: segunda-feira, dia 20 de maio

Horário: às 16h

Transmissão: YouTube da Fenae


Texto: Fenae

0 views0 comments

Comments


2.png
logo 1.png
3.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Whatsapp
  • X
bottom of page