top of page
  • sintrafap

Nota de repúdio


A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) e o Sindicato dos Trabalhadores do Ramo Financeiro do Estado do Amapá (SINTRAF/AP) repudiam veementemente todo e qualquer ato de violência e lamenta profundamente a morte de Marcelo Aloizio de Arruda, guarda municipal, de 50 anos, em sua própria festa de aniversário, em Foz do Iguaçu (PR).


Para a Contraf-CUT e SINTRAF/AP, o debate político ideológico não pode ser acompanhado de violência. Por isso, buscamos e queremos a reconstrução e a transformação do Brasil e das relações entre brasileiros e brasileiras. Precisamos de democracia, diálogo, tolerância e paz.


Fonte: Contraf/CUT com edições do SINTRAF/AP

8 views0 comments

Comments


bottom of page