top of page
  • Writer's picturesintrafap

Contraf-CUT completa 17 anos de lutas e conquistas

A Confederação é resultado da evolução da organização sindical bancária e nasceu do aprimoramento da experiência com o DNB e a CNB

A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) completa 17 nesta quinta-feira (26). A Contraf-CUT é resultado da luta e do aprimoramento da organização sindical bancária, no contexto da retomada das entidades sindicais pelos trabalhadores do início dos anos 1980.


O primeiro passo para uma organização alternativa e, ao mesmo tempo, mais representativa ocorreu com a criação do Departamento Nacional dos Bancários (DNB), em 1985, cuja atuação foi essencial para a primeira greve nacional da categoria após o regime militar, organizada naquele mesmo ano. O DNB atuou até 1992, quando foi substituído pela Confederação Nacional dos Bancários (CNB-CUT), de abrangência nacional, porém ainda restrita à categoria bancária. As duas entidades sempre foram reconhecidas pelos trabalhadores como representantes oficiais para as negociações com as instituições financeiras.


A CNB deu lugar à Contraf-CUT em 2006, que foi reconhecida pelo Ministério do Trabalho e Emprego, em 24 de junho de 2008, como representante dos trabalhadores do ramo financeiro.


Com oito federações e mais de 100 sindicatos associados, a entidade coordena hoje o Comando Nacional dos Bancários e representa 94% da categoria em todo o Brasil. A Contraf-CUT também se tornou referência para os trabalhadores de todo o mundo. É filiada à UNI Global Union, sindicato multinacional que representa 20 milhões de trabalhadores do setor de serviços, e integra a diretoria da UNI Américas Finanças.

2 views0 comments

Comments


bottom of page