top of page
  • Writer's picturesintrafap

#8M: Sintraf-Ap junto a ONGs, entidades associativas e sindicatos manifestam no Dia da Mulher

Updated: 4 days ago

Comunidade Amapaense celebra conquistas e reivindica direitos das mulheres em protesto na Praça da Bandeira

E foi com muita festa, música e dança que o dia 8 de março foi celebrado na capital amapaense. Para marcar o Dia Internacional da Mulher, o Sindicato dos Trabalhadores do Ramo Financeiro do Estado do Amapá (Sintraf-Ap) participou do Ato Unificado “Pela Vida das Mulheres”, na Praça da Bandeira.


Os atos aconteceram em diversos estados do país incluindo Bahia, Ceará, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Paraná e etc.


O evento contou com brechós, apresentações artísticas de Brenda Zeni, Kássia Modesto, Carla Nobre, Hayam Chandra e a Batucada da Marcha Mundial, teve também a participação da Quarta de Arte com o Coletivo Juremas e com um momento de vigília em memória de mulheres vítimas de violência estrutural.


Com 30% das pastas da Esplanada dos Ministérios sendo lideradas por mulheres, o Brasil vive um momento em que apenas este ano, no Governo Lula, o Presidente apresenta medidas que realmente garantem salário igual para mulheres e homens que exercem a mesma função.


Um levantamento do Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc), uma organização não governamental sem fins lucrativos, mostra que o governo Bolsonaro cortou 94% da verba destinada ao Ministério da Mulher para a proteção de gênero, nos orçamentos elaborados e enviado ao Congresso, referentes aos anos 2020 a 2023.


A funcionária do Itaú e Diretora do Sindicato dos Trabalhadores do Ramo Financeiro do Estado do Amapá (Sintraf-Ap), Janaína Figueiredo, comenta sobre " Estivemos presente neste ato marcado pela homenagem as mulheres vitimas de feminicídio e violência, esse dia reforça nossa luta diária contra o patriarcado estruturado que tenta nos calar de todas as formas. Porém seguimos firme e juntas por dias mais justos e melhores"


O Sintraf-Ap entende esta data como um momento para reflexão e reforça a importância da participação feminina no movimento sindical.


Commenti


2.png
logo 1.png
3.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Whatsapp
  • X
bottom of page