• sintrafap

10 de Dezembro: o Dia Internacional dos Direitos Humanos

Elaborada em 10 de dezembro de 1948 por diversos representantes políticos, jurídicos e culturais, na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), o documento é um marco na história dos direitos humanos. Pela primeira vez, foi estabelecido uma norma comum a todas as nações em proteção universal dos direitos e liberdades individuais e coletivas.

A data foi instituída em 1950, dois anos após a Organização das Nações Unidas (ONU) adotar a Declaração Universal do Direitos Humanos como marco legal regulador das relações entre governos e pessoas. Com esse ato, mais do que celebrar, a ONU visava destacar o longo caminho a ser percorrido na efetivação dos preceitos da declaração.


Principais pontos dos direitos humanos:

· Os direitos humanos são fundados sobre o respeito pela dignidade e o valor de cada pessoa;

· Os direitos humanos são universais, ou seja, devem ser aplicados de forma igual e sem discriminação a todas as pessoas;

· Os direitos humanos são indivisíveis e interdependentes, já que não é suficiente respeitar alguns direitos humanos e outros não. Na prática, a violação de um direito vai afetar o respeito por muitos outros;

· Todos os direitos humanos devem ser vistos como de igual importância, sendo igualmente essencial respeitar a dignidade o valor de cada pessoa.


"Vale lembrar que ainda nos deparamos com uma série de situações que desrespeitam os Direitos Humanos no país. Entre elas, podemos citar altas taxas de homicídio, violência contra mulher, trabalhos análogos à escravidão e miséria de grande parte da população sem acesso a recursos e serviços básicos, como saúde e educação", ressalta a Diretora de Saúde do SINTRAF/AP Dayane Machado.

6 views0 comments