top of page
  • sintrafap

Sintraf/AP visita as agências no município de Laranjal do Jari para a manutenção do sindicato próximo dos trabalhadores

A caravana aconteceu para escutar os trabalhadores do ramo financeiro e apresentar as campanhas apoiadas pelo sindicato.


Os diretores visitaram às agências bancárias do município/ Foto: Girlene Dias

Para fortalecer os trabalhadores e trabalhadoras das instituições bancárias, o Sindicato do Ramo Financeiro do Estado do Amapá (Sintraf/AP), por meio dos diretores da entidade foram às agências financeiras para conversar e entender a realidade dos bancários do município de Laranjal do Jari, a 287 km de Macapá. Foram dois dias de atividade, no qual os diretores apresentaram a campanha das eleições da Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil (PREVI) e Fundação dos Economiários Federais (Funcef), entregaram brindes e confraternizaram com os bancários e bancárias da localidade.

Devido às dificuldades de acesso e a situação precária da rodovia que interliga o município à capital, a locomoção dos trabalhadores pela estrada sofre com grandes problemas e reflete no contato presencial com a entidade. Visando estreitar as relações, a diretora de mulheres, Samila Moraes, e o diretor administrativo e financeiro, Edson Azevedo, visitaram durante os dias 4 e 5 de abril os trabalhadores e trabalhadoras dos bancos Bradesco, Caixa Econômica e Banco do Brasil.


Os diretores conheceram as instalações bancárias e escutaram os trabalhadores/ Foto: Girlene Dias

Durante o encontro, os diretores desenvolveram a pauta  da campanha salarial 2024, que visa a garantia de emprego, igualdade salarial de gênero, condições de trabalho e desenvolve propostas com as demandas locais para serem debatidas na conferência nacional de 2024, construindo condições de trabalho de qualidade para todos os trabalhadores e trabalhadoras. Os diretores também apresentaram as propostas das chapas apoiadas pelo sindicato nas votações da PREVI e Funcef, reforçando os benefícios e a necessidade de participar dessas votações.

As eleições da PREVI definirão os representantes da administração do fundo de previdência complementar dos funcionários do Banco do Brasil. O Sintraf/AP reforçou seu apoio à 'Chapa 1 - PREVI para os Associados', que defende em suas propostas a criação de um programa de assessoria na organização dos benefícios dos associados e de seus familiares, além de propor facilitar a utilização do FGTS dos trabalhadores, entre outras propostas. O período de eleição começa no dia 12 e vai até o dia 26 de abril, e definirá os ocupantes dos cargos no Conselho Deliberativo, Conselho Fiscal e Diretoria de Seguridade.

A divulgação sobre as eleições da Fundação dos Economiários Federais (Funcef) também foi apresentada aos empregados da Caixa. Para participar da votação é necessário estar inscrito no plano de benefícios da fundação ou ser assistido com mais de 18 anos. Durante a visita, os diretores reforçaram o apoio ao 'Movimento em Defesa da Funcef', no qual estão Leonardo Quadros para a Diretoria de Administração e Controladoria, com o número 12 para votação; Wagner Ferreira (Titular) e Mizaki Mitiue (Suplente) para o Conselho Fiscal, com o número 21 para votação; e Maria Gaia (Titular) e Amanda Leite (Suplente) para o Conselho Deliberativo, com o número 31. As votações começam no dia 16 e finalizam no dia 19 deste mês.


Trabalhadores da Caixa Econômica apresentando as instalações do banco| Foto: Girlene Dias

Para o diretor Edson Azevedo, a proximidade com os trabalhadores do município é necessária para apresentar o apoio do Sintraf/AP nas eleições, importantes para a construção dos direitos dos trabalhadores e também para entender a realidade deles.

“A presença nas agências de Laranjal do Jari, trouxe um novo alento aos bancários da localidade, pois trouxeram várias reivindicações que podem estar em nossa minuta para aprovação da campanha nacional aos bancários”, destaca o diretor.


Os diretores visitaram as agências bancárias / Foto: Girlene Dias

A diretora de mulheres, Samila Moraes, conta que a dificuldade de acesso entre a capital e Laranjal do Jari é um dos desafios a serem vencidos para manter o contato com os trabalhadores da localidade. No entanto, ela reforça o compromisso do sindicato em ouvir e levar adiante os anseios e desejos para defender com propriedade os direitos dessas pessoas.

"Conseguimos perceber, com este encontro, algumas das dificuldades que esses trabalhadores enfrentam. Apesar de ser um município com muitas possibilidades de expansão, ainda é uma localidade com alguns problemas frequentes, principalmente no quesito da saúde, e o sindicato está presente para dialogar sobre essas problemáticas", ressalta a diretora.


Os bancários e bancárias tiveram a oportunidade de conhecer mais sobre o sintraf/AP/ Foto: Girlene Dias

Durante o momento de escuta, os funcionários e funcionárias dos bancos relataram os problemas enfrentados durante a jornada de trabalho. Alguns dos depoimentos citam diversas dificuldades, entre elas  atendimento aos planos de saúde, deslocamento para capital, ascensão profissional e diferencial de remuneração para praça de difícil provimento. As reivindicações apresentadas serão tratadas e destacadas na Conferência Estadual dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Ramo Financeiro e encaminhadas para apreciação coletiva na conferência nacional que acontecerá esse ano em São Paulo.

O bancário do Banco do Brasil do município, Cleioney Teixeira, ressalta que o contato com o sindicato é indispensável para criar uma base forte e reforça o seu apoio às iniciativas da entidade.



O trabalhador participou de uma reunião com os diretores do sindicato / Foto: Girlene Dias

“Acho de suma importância unirmos nossa classe e fortalecermos o nosso sindicato, pois é por ele que conquistamos melhorias de condições de trabalho e salarial também. É muito importante essa visita para entendermos mais sobre as nossas lutas e benefícios ofertados pelo Sintraf/AP”, conta o trabalhador.


Confraternização dos trabalhadores e trabalhadoras de Laranjal do Jari| Foto: Girlene Dias

Os representantes do sindicato também realizaram a distribuição de brindes e promoveram uma confraternização para os trabalhadores do município como reconhecimento pelo esforço, contribuição e apoio ao ramo financeiro do Amapá.

A caravana de visitas já faz parte da rotina do Sintraf/AP, os diretores já visitaram outros municípios como Santana e Oiapoque. Os encontros são uma forma de escutar e mostrar a importância dos trabalhadores para o ramo financeiro.


Fonte: Giovane Brito - Redação Sintraf/AP



41 views0 comments

تعليقات


bottom of page