top of page

Sindicato dos Bancários da Baixada Fluminense reintegra mais uma bancária do Bradesco

bancária havia sido desligada em plena pandemia do novo coronavírus, contrariando o compromisso de não demissão que os grandes bancos assumiram

O Sindicato dos Bancários da Baixada Fluminense reintegrou mais uma bancária do Banco Bradesco. A reintegração ocorreu através de decisão da 2a Vara do Trabalho de Nova Iguaçu. Monique Leal de Menezes Barros tinha 17 anos de serviços prestados ao banco e foi reintegrada na agência 3402 (Avenida Governador Amaral Peixoto), a mesma em que foi demitida.

A bancária foi desligada em plena pandemia do novo coronavírus, contrariando o compromisso de não demissão que os grandes bancos assumiram. Além disso, a bancária também obteve o benefício previdenciário na modalidade B-31, auxílio-doença, durante a projeção do aviso prévio, caracterizando que estava inapta, quando houve a demissão.

Monique é sindicalizada desde sua admissão no banco. Após o desligamento, procurou atendimento no Sindicato dos Bancários da Baixada Fluminense, sendo atendida pelos Departamentos Jurídico e de Saúde da entidade. Pouco tempo depois, teve suas funções restituídas.

A reintegração foi acompanhada pelo coordenador geral do Sindicato, Pedro Batista, e pela diretora Renata Soeiro.

1 view0 comments

Comentários


bottom of page