top of page
  • sintrafap

Seminário vai debater política de Saúde no Banco da Amazônia

Updated: Oct 1, 2021

O evento foi um dos encaminhamentos aprovados no 13° Congresso dos Empregados e Empregadas do Banco da Amazônia


Há tempos que os empregados e empregadas do Banco da Amazônia reivindicam melhorias na política de assistência à saúde dos empregados dentro da instituição. Por esse motivo, o Sindicato dos Bancários do Pará, em parceria com a Fetec-CUT Centro Norte, realiza nos dias 15 e 16 de setembro o Seminário de Saúde do Banco da Amazônia, evento que foi proposto e aprovado durante o 13º Congresso Nacional dos Empregados do Banco, realizado no dia 7 de agosto desse ano.

O Seminário ocorrerá de forma virtual, pelo aplicativo Zoom Meeting, e é aberto a todos os empregados e empregadas do Banco da Amazônia. Para participar é necessário preencher o formulário de inscrição do evento.

Clique AQUI e faça sua inscrição

A organização do Seminário recomenda aos interessados que ainda não utilizam o Zoom Meeting, que baixem gratuitamente o aplicativo com antecedência.

Em ambos os dias, a programação começa a partir das 18 horas. O primeiro dia será dedicado a analisar questões gerais sobre a assistência à saúde no âmbito das relações trabalhistas e os impactos da CGPAR 23 nos Bancos e Empresas Públicas. E no segundo dia as discussões serão voltadas para análise da atuação da Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco da Amazônia (CASF) e do Programa Saúde Amazônia.

O objetivo do Seminário é elaborar uma pauta de reivindicações atualizada dos empregados para a política de saúde do Banco da Amazônia.

“Durante essa pandemia conseguimos uma resposta positiva no Banco da Amazônia em relação a protocolos de proteção à vida da categoria, com afastamento do grupo de risco do trabalho presencial e a não constituição do banco de horas negativos. Também temos uma agenda importante de mesas de negociação para esse segundo semestre de 2021, com o debate sobre Plano de Saúde agora em setembro. Precisamos com esse Seminário atualizar nossa pauta de reivindicações sobre saúde e unificar nossas forças para resistir em defesa do Banco da Amazônia contra a MP 1052, e com a valorização de seus empregados”, destaca o coordenador da Comissão de Empregados do Banco da Amazônia, Sérgio Trindade.

“A aprovação do Projeto de Decreto Legislativo 956/18, da deputada federal Erika Kokay (PT-DF), que suspende os efeitos da CGPAR-23, foi muito importante para os trabalhadores e trabalhadoras do Banco da Amazônia, pois temos muitos colegas que estão sem plano de saúde e essa é uma pauta que precisamos de avanços. Temos mesa de negociação agendada para debater o assunto e precisamos estar unificados em defesa da saúde dos empregados do Banco da Amazônia”, afirma a diretora do Sindicato dos Bancários do Pará e empregada do Banco da Amazônia, Suzana Gaia.

Confira a programação do Seminário de Saúde do Banco da Amazônia

DIA 15, quarta-feira: Questões gerais sobre a assistência à saúde no âmbito das relações trabalhistas.

18h – Mesa de Abertura

18h15: Abordagem geral sobre a assistência à saúde e as obrigações do empregador. Palestrante: Francisca de Assis Araújo Silva, Diretora de Saúde Suplementar da ANAPAR

18h30: Impactos da CGPAR 23 nas empresas públicas e o que esperar após a sustação de seus efeitos. Palestrante: Mauro Salles, Secretário de Saúde da Contraf-CUT

18h45: Debate

19h30: Encerramento

DIA 16, quinta-feira: Política de Saúde do Basa para os empregados.

18h – Mesa de abertura

18h15: Apresentação da OPS Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco da Amazônia (CASF) Palestrante: Sofia Cardoso (Presidente da CASF)

18h30: Apresentação dos dados do Programa Amazônia Saúde Palestrante: Anderson Pereira, coordenador da GEPES, Banco da Amazônia

18h45: Debate

19h30: Encerramento

Fonte: Bancários PA


5 views0 comments

コメント


bottom of page