top of page
  • sintrafap

Por uma Cassi para os associados, Fetec-CUT/CN apoia as chapas 6 e 33 na eleição deste mês

As Chapas 6 e 33 vão ampliar a participação dos associados na gestão e está comprometida com a implantação do modelo baseado na atenção primária e na estratégia de saúde da família

Os associados da Cassi vão eleger entre os dias 15 e 25 de março seus representantes para o Conselho Deliberativo e para o Conselho Fiscal da Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil.

A Federação dos Bancários do Centro-Norte (Fetec-CUT/CN), assim como a Contraf-CUT e a grande maioria das entidades representativas do funcionalismo do BB, apoia a Chapa Cassi para os Associados (Chapa 6 para a Diretoria de Planos de Saúde e Relacionamento com Clientes e o Conselho Deliberativo e Chapa 33 para o Conselho Fiscal) porque também defende uma Cassi de associados para associados, acolhedora, sustentável e moderna. Uma Cassi pra você.

Todas as bases sindicais da Fetec-CUT/CN estão também apoiando as Chapas 6 e 33. O presidente da Federação, Cleiton dos Santos Silva, acompanhou nesta sexta-feira 1º de agosto o candidato a diretor de Saúde e Relacionamento com Clientes da Chapa, Alberto Júnior, para fazer campanha no edifício sede do Banco do Brasil e no prédio da Ditec (Diretoria de Tecnologia), em Brasília. Veja abaixo.


Por que votar nas Chapas 6 e 33

Além de uma trajetória combativa em defesa dos associados e da Cassi, as chapas 6 e 33 reúnem integrantes comprometidos com uma gestão participativa e a implantação do modelo de assistência baseado na atenção primária e na estratégia de saúde da família. Suas propostas estão em consonância com os anseios dos bancários do Banco do Brasil. Veja abaixo quem apoia as Chapas 6 e 33.


Confira as principais propostas da chapa Cassi para os associados

  • Integração da saúde do trabalhador com a Atenção Primária, fortalecendo a prevenção em saúde no ambiente de trabalho junto ao Banco do Brasil;

  • Atenção à saúde da mulher com desenvolvimento de programas específicos;

  • Assessoria qualificada e melhoria nos processos relacionados a autorizações e reembolsos;

  • Redução de coparticipação para participantes vinculados à Estratégia de Saúde da Família e Rede Referenciada;

  • Defender uma CASSI para todos com a filiação de funcionários de bancos incorporados;

  • Expansão da Telessaúde baseada na Estratégia Saúde da Família para o interior;

  • Fortalecimento da presença da CASSI em todos os estados brasileiros, apoiando autogestões locais em busca de benefícios mútuos;

  • Rede referenciada da ESF integrada à CliniCassi, incluindo clínicas, laboratórios e hospitais de qualidade;

  • Debate amplo sobre atualizações na tabela e benefícios da LIMACA, integrante da política farmacêutica.


Fonte: Contraf/CUT

2 views0 comments

Comments


bottom of page