top of page
  • Writer's picturesintrafap

MAIO LARANJA: Campanha de combate a exploração e abuso sexual infantil no Brasil


No mês de maio, é difundida a campanha de combate aos abusos sexuais contra crianças e adolescentes. A movimentação 'Maio Laranja' tem como intuito promover o conhecimento e sensibilizar a sociedade sobre os cuidados e a importância de denunciar casos de exploração e abuso infantojuvenis. O Sindicato dos Trabalhadores do Ramo Financeiro do Estado do Amapá (Sintraf/AP) reforça a necessidade da mobilização para alcançar a diminuição de casos e garantir espaços de suporte para as vítimas desses crimes. Durante o mês, são realizados debates, palestras e propagação de informações sobre o assunto, apontando o grave problema e protegendo os direitos garantidos pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

A campanha nacional de combate ao abuso e à exploração sexual infantil no Brasil é relembrada no dia 18 de maio todos os anos. O dia foi criado para lembrar o caso de Araceli Cabreza Sánchez Crespo, uma criança de 8 anos que, após ser sequestrada, foi vítima de violência e assassinada pelos agressores. Os responsáveis pelo crime nunca foram encontrados e responsabilizados pelas agressões cometidas.

Casos como esses são recorrentes no Brasil. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), a cada 24 horas, 320 crianças e adolescentes são vítimas de abusos e explorações sexuais no país. Esses crimes afetam a integridade física, mental e emocional das vítimas, causando problemas para o resto da vida.

Os dados apontam que a cada 100 casos, apenas 7 são devidamente denunciados. A falta de discussões, políticas públicas e o silêncio contribuem para os crimes que afetam inúmeras crianças e adolescentes pelo Brasil. Para realizar a denúncia, disque 100 em caso de suspeita ou conhecimento de crimes contra crianças e adolescentes.


Fonte: Giovane Brito - Redação Sintraf/AP


12 views0 comments

Comments


bottom of page