top of page
  • sintrafap

Fetec-CUT/CN faz reunião virtual com dirigentes para avaliar negociações e intensificar mobilização

Bancários exigem que os bancos apresentem uma proposta global com aumento salarial na rodada de negociação da quinta 18. Ao final, Federação faz nova reunião dos dirigentes

A Federação dos Bancários do Centro-Norte (Fetec-CUT/CN) realizou nesta segunda-feira à noite uma “roda de conversa” virtual com os presidentes, dirigentes e militantes dos sindicatos filiados, para discutir os resultados das negociações com os bancos até agora e como intensificar a mobilização da categoria para pressionar a Fenaban a atender às reivindicações da Campanha Nacional 2022.


O Comando Nacional dos Bancários, que negocia com a Fenaban, é composto pela Contraf-CUT, pelas federações de bancários, pelos sindicatos das capitais e pelos coordenadores das Comissões de Empresa dos bancos. A Fetec-CUT/CN integra o Comando com .. membros: o presidente Cleiton dos Santos Silva, os presidentes dos sindicatos de Brasília (Kleytton Morais), Pará (Tatiana Oliveira), Mato Grosso (Clodoaldo Barbosa), Campo Grande (Neide Rodrigues), Amapá (Samuel Bastos), Acre (Eudo Raffael), Rondônia (Ivone Colombo) e Roraima (Adauto Andrade Martins). Além do coordenador da COE Banco da Amazônia, Sérgio Trindade.


“Concluímos nesta segunda-feira a nona rodada de negociação e até agora a Fenaban não se manifestou com uma proposta para a categoria. E queremos proposta. Quinta-feira (18) teremos mais uma rodada. Apesar de pequenos avanços, nós queremos uma proposta global com aumento de salário e esperamos que a Fenaban atenda as reivindicações como reconhecimento pelo esforço que os bancários têm feito pelo sistema financeiro e pelo Brasil”, afirma Cleiton dos Santos (confira no vídeo), anunciando que na sexta 19 haverá Dia Nacional de Luta dos Bancários, para pressionar os bancos a apresentarem uma proposta.

A “roda de conversa” da Fetec-CUT/CN começou com os informes sobre as negociações, tanto essa de Cleiton como as dos demais integrantes do Comando Nacional, e depois foi aberta para avaliação e discussão dos demais participantes.

Foi unânime o posicionamento dos dirigentes e militantes da Federação de que será necessário intensificar a mobilização nas bases dos sindicatos filiados, em preparação a um confronto mais duro que certamente virá se a Fenaban não apresentar uma proposta que atenda às reivindicações da categoria.


Nova “roda de conversa” está marcada para esta quinta-feira 18, depois da décima rodada de negociação com os bancos na Campanha 2022. Reuniões semelhantes estão sendo realizadas por todas as federações e sindicatos de bancários do país.


Fonte: Fetec-CUT/CN


5 views0 comments

Comments


bottom of page