top of page
  • sintrafap

Contraf-CUT realiza 4º Seminário Jurídico Nacional

Evento ocorrerá na sede da entidade, em São Paulo, nos dias 23 e 24 de abril, com participação do ministro do Trabalho, Luiz Marinho


A Secretaria de Assuntos Jurídicos da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) realiza, nos dias 23 e 24 de abril, o 4º Seminário Jurídico Nacional. Dirigido a secretárias e secretários da área jurídica de federações e sindicatos filiados, bem como a suas assessorias ligadas ao tema. O evento será presencial na cidade de São Paulo. As inscrições devem ser feitas até o dia 19, conforme orientação encaminhada às entidades.

Entre os participantes estão a presidenta da Contraf-CUT, Juvandia Moreira, e a presidenta do Sindicato dos Trabalhadores do Ramo Financeiro de São Paulo, Osasco e Região (Seeb-SP), Neiva Ribeiro, que são coordenadoras do Comando Nacional dos Bancários; o secretário de Assuntos Jurídicos da Contraf-CUT, Lourival Rodrigues; o assessor jurídico da entidade, Jefferson Oliveira; a assessora jurídica do Seeb-SP, Lúcia Noronha; o advogado especialista em direitos humanos Nilo Beiro, diretor do Instituto Lavoro; e a procuradora do Trabalho, vice-coordenadora da Coordenadoria Nacional de Promoção da Liberdade Sindical e do Diálogo Social (Conalis), do Ministério Público do Trabalho (MPT), Priscila Moreto.

O ex-presidente da CUT Nacional e atual ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho, também deve participar, com a palestra “Governo Lula 3: as perspectivas do mundo do trabalho”. No evento também será lançado o caderno Teletrabalho – direitos e conquistas da categoria bancária, publicação da Contraf-CUT com todas as informações da negociação feita com os bancos na Campanha Nacional de 2022, que resultou em um acordo consistente, que garante, a bancárias e bancários, direitos trabalhistas e condições dignas de atuação na modalidade.

O secretário Lourival Rodrigues pontua que “o evento tem grande importância, pois antecede a Conferência Nacional dos Bancários, em junho, e a Campanha Nacional, que começa logo em seguida”. O secretário afirma que, “por isso, a programação privilegia temas relacionados à conjuntura nacional, regulação do teletrabalho, perspectivas das negociações, atualização técnico-jurídica da pauta de reivindicação, perspectivas do governo Lula e pejotização das relações de trabalho”.

Para Lourival, “o objetivo maior do 4º Seminário Jurídico Nacional da Contraf-CUT é aprofundar a discussão das questões contemporâneas de interesse da categoria bancária, de forma a contribuir com os debates nos sindicatos e federações, com a organização da categoria e com o fortalecimento da luta dos trabalhadores em geral”.


Fonte: Contraf/CUT.

0 views0 comments

Comments


bottom of page