Contraf-CUT faz censo de formação com dirigentes e assessores sindicais

Iniciativa faz parte de um projeto de construção de uma rede de lideranças

A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), por meio da Secretaria de Formação, realizou um censo com os dirigentes e assessores sindicais de formação do ramo financeiro, em junho. A ação faz parte do projeto em parceria com o Instituto Lula e com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). O objetivo é construir coletivamente um programa de formação com dirigentes e assessores sindicais para formar uma rede de lideranças comprometidas e com capacidade para desenvolver um trabalho de base qualificado e compor uma rede orgânica de comunicação.

Para o secretário de Formação da Confederação, Walcir Previtale, o censo foi um sucesso, já que o questionário online foi respondido por 678 pessoas. “O Censo de Formação da Contraf-CUT nasce com a perspectiva da construção coletiva de um amplo programa de formação de dirigentes e assessores sindicais, visando formar uma rede de lideranças comprometidas e com capacidade para desenvolver um trabalho de base transformador e qualificado, compor uma rede orgânica de comunicação e que contribua para uma ação efetiva na complexa conjuntura do nosso país”, afirmou.

O secretário explicou que a construção da formulação e da aplicação do Censo da Formação objetivou melhor compreender o perfil das pessoas que irão participar do processo formativo, bem como captar as demandas dos dirigentes e assessores sindicais do ramo financeiro no tema da formação. “Estamos no ano do centenário do educador Paulo Freire, que nasceu em 19 de setembro de 1921, no qual desenvolveu um trabalho na área da educação considerado clássico, porém, nos deixou um legado que transborda as fronteiras da educação. E é com esse espírito freiriano, o do esperançar, que pretendemos nortear o nosso processo formativo”, finalizou o dirigente sindical.

Em breve a Contraf-CUT irá disponibilizar os resultados do Censo para todos os sindicatos e federações.

0 views0 comments