top of page
  • Writer's picturesintrafap

Contraf-CUT e Fenae lançam subsídios que destacam papel social da Caixa

Capilaridade territorial do banco garante acesso da população aos serviços bancários e sociais


Reprodução TV Câmara

A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) e a Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa (Fenae) lançaram nesta terça-feira (28), no salão nobre da Câmara dos Deputados, a Agenda Político-Institucional 2024 e Caderno Caixa no Brasil: descritivo por unidade federativa – edição 2024. As publicações são instrumentos de luta e de demonstração da importância da Caixa e seus empregados para todo o país.

A Agenda Político-Institucional 2024 reúne 118 projetos em tramitação no Congresso Nacional que impactam diretamente a categoria bancária, a Caixa e os serviços oferecidos à população em diversos setores, como habitação, saneamento, infraestrutura urbana, educação, esporte e cultura. O objetivo é analisar minuciosamente as propostas que influenciam tanto positivamente quanto negativamente os serviços bancários e sociais.

Por outro lado, o caderno Caixa no Brasil: descritivo por unidade federativa – edição 2024, conhecido como Caderno dos Estados, apresenta o desempenho da Caixa em 2023, fornecendo dados detalhados sobre os principais serviços sociais e as políticas públicas operadas pelo banco público em cada estado do país.

O presidente da Fenae, Sergio Takemoto, ressaltou a importância desses lançamentos, destacando o papel crucial dos empregados da Caixa na implementação das políticas públicas realizadas pelo banco, especialmente nas regiões mais distantes, onde a presença da Caixa é vital para o acesso da população aos serviços bancários e sociais. Em seu discurso, ele salientou a importância das publicações, pois ela mostra todos os projetos em tramitação que dizem respeito não apenas à Caixa, mas também à sociedade. “Se afeta a Caixa, afeta diretamente a proteção da população brasileira. Nosso compromisso se mantém firme para que nenhum projeto prejudique o banco público e social, seus empregados e a população”.

Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

Juvandia Moreira, presidenta da Contraf-CUT, agradeceu a parceria da Fenae neste lançamento e por toda a luta pela classe trabalhadora. “Não dá para pensar o Brasil sem a Caixa, tão presente na vida dos brasileiros e da nossa Nação”. Ela lembrou o trabalho imprescindível dos empregados do banco durante o pagamento do auxílio emergencial, especialmente no período mais crítico da pandemia.

A cerimônia de lançamento contou com a presença dos parlamentares Erika Kokay (PT-DF) e Tadeu Veneri (PT-PR), que realçaram a relevância do evento para o debate político e institucional.

Em seu discurso, o deputado Tadeu Veneri enfatizou que o Caderno dos Estados reforça o papel fundamental da Caixa para o Brasil e sua sobrevivência e permanência 100% pública ao longo de períodos difíceis da história do país. Para Erika Kokay os materiais lançados cumprem a função de mostrar a importância do banco em locais que outros bancos não querem estar. Ela ressaltar que a agenda Político-Institucional tem a “generosidade de alcançar toda a classe trabalhadora”, além dos empregados do banco.

Jair Pedro Ferreira, diretor de Benefícios da Funcef, destacou que a Caixa representa não apenas um banco, por meio de financiamento ou empréstimo, mas um sonho de vida e futuro para os brasileiros. Ele ressaltou ainda a importância da Agenda Político-Institucional para mostrar a defesa não só dos empregados da Caixa e da categoria bancária, mas de toda a classe trabalhadora.

Fabiana Uehara, representante dos empregados no Conselho de Administração da Caixa, reforçou o compromisso de defender a Caixa e seus empregados. “Enquanto houver desigualdade no país, as estatais serão necessárias”, destacou.

Os participantes do evento concordaram que a Caixa é mais do que uma instituição financeira; é uma identidade do povo brasileiro. Erika Kokay propôs uma audiência pública para apresentar esses materiais e discutir sua importância, ressaltando que a Caixa continuará cumprindo sua função e sobrevivendo aos desafios futuros.


Fonte: Fenae



0 views0 comments

Comments


2.png
logo 1.png
3.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Whatsapp
  • X
bottom of page