• sintrafap

Contraf-CUT cobra prorrogação do teletrabalho na Caixa

Updated: Oct 1

Data prevista para o término da modalidade se expira nesta quinta-feira

Em ofício enviado à Caixa Econômica Federal na segunda-feira (27), a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) reiterou a solicitação que já havia feito no dia 14 de setembro, de prorrogação da modalidade de teletrabalho nas unidades do banco em face da persistente pandemia do novo coronavírus, causador da Covid-19. A data prevista para o retorno ao trabalho presencial no acordo específico de teletrabalho em decorrência da pandemia se encerra nesta quinta-feira (30). “É um absurdo que a Caixa só divulgue uma coisa como esta, que interfere diretamente no dia a dia e na programação dos trabalhadores nos últimos dias. É muito descaso com os empregados”, disse a coordenadora da Comissão Executiva dos Empregados (CEE) da Caixa, Fabiana Uehara Proscholdt, que também é secretária de Cultura da Contraf-CUT. Em seu ofício, a Contraf-CUT ressalta que “é de conhecimento o elevado número de casos de contaminação e de adoecimento no país, levando a centenas de óbitos diários, o que nos obriga à manutenção das medidas preventivas ao contágio, com distanciamento pessoal, a redução da concentração de pessoas em ambientes fechados e pouco ventilados e a constante orientação à higienização com uso dos insumos indicados pelas autoridades sanitárias.” O texto diz ainda que a modalidade de teletrabalho adotada pelas instituições financeiras, a partir de negociações coletivas entre as partes, tem se mostrado de relevante efetividade e sua manutenção deve ser parte da política de mitigação do contágio do novo coronavírus e suas variantes conhecidas.

Fonte: Contraf-CUT

3 views0 comments