• sintrafap

CN2022: Que comecem os jogos da Campanha Nacional 2022 no Banco da Amazônia

Fechado o calendário com temas e datas para debate das reivindicações dos empregados do Basa

Começaram as negociações com o Banco da Amazônia. A 1ª mesa com o Basa ocorreu na tarde desta terça-feira, 12/07 para definir o calendário das rodadas de negociação.


As trabalhadoras e trabalhadores foram representados pela presidenta do Sindicato dos Bancários do Pará, Tatiana Oliveira; pelo diretor da Fetec-CUT/CN, secretário geral do Sindicato e coordenador da comissão de negociação dos empregados do Banco da Amazônia, Sérgio Trindade; pelo diretor jurídico do Sindicato e empregado do Banco da Amazônia, Cristiano Moreno; pela diretora da Contraf-CUT, Rosalina Amorim. O Banco da Amazônia foi representado pelo coordenador da mesa do Basa, Francisco Moura; Bruna Paraense; Daniela Vasconcelos e Anderson Pereira, membro da GEPES.

A próxima rodada de negociação será na sexta-feira, 15/07.


PLR 2017

O sindicato perguntou ao banco se podia indicar uma data para crédito dos valores da PLR 2017, mas do banco alegou que está no aguardo da homologação do entendimento entre as partes pela justiça para realizar o pagamento. Assim que estiver definida, o banco garantiu que pagará em até 48h.

“A primeira negociação de fato sobre a nossa pauta com o Banco da Amazônia será nesta sexta-feira. É fundamental que os empregados e empregadas do banco estejam ligados nas nossas redes para ficarem bem informados de tudo. Nossa luta vai intensificar agora na mesa de negociação para que consigamos garantir a manutenção dos direitos e do poder de compra na categoria. Vem com a gente e Bora Ganhar Esse Jogo!”, convocou a presidenta Tatiana Oliveira.


Após ajustes das entidades, o calendário aprovado segue conforme tabela abaixo:


A respeito da matéria sobre a prática antissindical, as entidades questionaram o motivo de não poder adentrar. O banco alegou procedimentos internos, mas que iria responder tudo o que foi pontuado na carta da entidade, através de ofício-resposta.



Fonte: Bancários PA

5 views0 comments