top of page
  • Writer's picturesintrafap

CN2022: Banco da Amazônia retoma mesa específica

Com diversas pautas em debate, banco se compromete em apresentar proposta global logo após fechamento da mesa com a Fenaban

A mesa de negociações específicas com o Banco da Amazônia nesta Campanha Nacional 2022 foi retomada na tarde desta sexta-feira 26/08, de forma virtual, com muitos debates e pequenos avanços, com destaque para maior liberdade no uso da licença prêmio (gozo parcelado e conversão em dinheiro) e para ampliação das ausências permitidas em caso de luto de parente próximo, de doação de sangue e internação de filho. Além disso, as folgas previstas para casamento de empregados, foi estendido à união estável.


Outro destaque importante foi para os debates em torno do Plano de Saúde, pois diante da recusa do Basa em retomar o patrocínio do Plano de seus empregados, as entidades sindicais, com auxílio do Dieese, apresentaram uma contraproposta que visa: melhor distribuição dos recursos aos empregados; maior aporte de recursos para o Programa Saúde Amazônia; reajuste de 20% do campo “Remuneração” da tabela de reembolso; além de incluir a saúde bucal como um item a ser subsidiado pelo Basa.


Os interlocutores do Banco argumentaram que há uma dificuldade em dar uma resposta a esses pedidos no curso da Campanha Nacional por conta da necessidade de cálculos atuariais e análise de provisionamento do Banco, mas receberam a proposta e ficaram de dar um retorno definitivo em outra mesa de negociação.


O Banco da Amazônia afirmou que, tão logo a Fenaban apresente uma proposta econômica definitiva, o Basa estará disponível para imediatamente fazer uma nova reunião para o fechamento da sua proposta específica, além de apresentar o valor de antecipação da 1ª parcela da Participação nos Lucros e Resultados – PLR.


Os empregados do Banco da Amazônia foram representados na reunião pela presidenta do Sindicato dos Bancários do Pará, Tatiana Oliveira; pelos diretores do sindicato e empregados do Basa, Sérgio Trindade e Cristiano Moreno; pelo diretor do SEEB Rondônia e empregado do Basa, Ricardo Vitor; além da diretora da Contraf-CUT, Rosalina Amorim, com assessoria jurídica de Célia Menezes, do escritório Mary Cohen Advocacia Trabalhista e Sindical e assessoria técnica da economista do Dieese/Contraf-CUT, Vivian Machado.


O Banco da Amazônia foi representado por Francisco Moura e Bruna Paraense, com a secretaria Daniela Vasconcelos.


Confira abaixo a lista das clausulas debatidas hoje, que foram mantidas, com melhorias de redação:


CLAUSULA 8ª – AUXÍLIO-CRECHE


CLAUSULA 11 – HORAS-EXTRAS


CLÁUSULA 24 ANUALIZAÇÃO DE LICENÇA- PRÊMIO


CLÁUSULA 31 – DO COMBATE AO ASSÉDIO MORAL, SEXUAL E VIOLÊNCIA ORGANIZACIONAL


CLÁUSULA 33 – PONTO ELETRÔNICO


CLÁUSULA 34 – JORNADA DE TRABALHO


CLÁUSULA 38 – INTERVALO PARA ATIVIDADES REPETITIVAS


CLÁUSULA 39 – DA MANUTENÇÃO DOS SALÁRIOS E DA INTEGRALIZAÇÃO DA REMUNERAÇÃO


CLÁUSULA 41 – DOS EXAMES MÉDICOS


CLÁUSULA 42 – CIPA


CLÁUSULA 43 – PREVENÇÃO A DOENÇAS E ACIDENTE DE TRABALHO


CLÁUSULA 44 – POLÍTICA GLOBAL SOBRE AIDS, CÂNCER E DOENÇAS CARDIOVASCULARES E CONTAGIOSAS


CLÁUSULA 46 – ACESSO A DIRIGENTES SINDICAIS E DA AEBA


CLÁUSULA 49 – REUNIÕES SINDICAIS


CLÁUSULA 53 – CONTROLE DA BASE SINDICAL


CLÁUSULA 54 – INCENTIVO À SINDICALIZAÇÃO


CLÁUSULA 55 – REPRESENTANTES DOS EMPREGADOS NO COMITÊ DE JULGAMENTO DE PROCESSOS DISCIPLINARES


CLÁUSULA 56 – COMUNICADO DE RETORNO AO TRABALHO


CLÁUSULA 57 – SISTEMA DE COMUNICAÇÃO


CLÁUSULA 58 – MOVIMENTAÇÃO DE PESSOAL


Fonte: Bancários PA


5 views0 comments

Comments


bottom of page