top of page
  • sintrafap

Bancários realizam Dia Nacional de Lutas por aumento real nos salários

Categoria exige da Fenaban proposta econômica condizente com os esforços da categoria

Trabalhadoras e trabalhadores de sindicatos de bancários de todo o país realizaram, nesta sexta-feira (19), um Dia Nacional de Lutas e Mobilizações para cobrar da Fenaban, entidade que representa os banqueiros, uma proposta geral que atenda aos interesses da categoria na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) 2022/2023. Clique aqui e veja a galeria de fotos do dia. Nas redes sociais e nas agências, os bancários espalharam textos e levaram cartazes reivindicando aumento real para os salários, para o VR e o VA, garantia dos empregos e maior participação nos lucros e resultados, além de combate ao assédio moral, fim de metas abusivas e jornada de quatro dias por semana. Outra exigência dos trabalhadores é o acompanhamento e tratamento de bancários com sequelas da covid-19.


Negociações

“Nossa categoria cobra uma atualização da Convenção Coletiva que respeite os esforços dos milhares de bancárias e bancários que contribuem, todos os anos, com os altos lucros do sistema financeiro”, explicou a presidenta da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Juvandia Moreira. “Tivemos avanços em algumas questões, nas reuniões de negociação com a Fenaban, no combate ao assédio sexual e moral, estamos avançando no teletrabalho, também pela primeira vez os bancos concordaram em colocar na Convenção Coletiva que nós vamos discutir, banco a banco, nas Comissões de Organização dos Empregados (COEs), as cobranças de metas. Porém os bancos ainda não apresentaram a proposta econômica e é por isso que realizamos o Dia Nacional de Luta”, completou.


Fonte: Contraf/CUT

5 views0 comments

Comments


bottom of page