• sintrafap

Bancários entregam pauta de reivindicações à Fenaban

A primeira negociação já tem data marcada: será na quarta-feira (22).

O Comando Nacional dos Bancários entregou à Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) nesta quarta-feira (15), em São Paulo, a pauta geral de reivindicações aprovada pela categoria na 24ª Conferência Nacional para a Campanha Nacional 2022. A primeira negociação já tem data marcada: será na quarta-feira (22). A pauta de reivindicações foi definida na 24ª Conferência Nacional dos Bancários e aprovada em assembleia remota realizada pelo Sindicato nesta terça (14). Entre as principais reivindicações para a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) estão aumento real de 5% (INPC +5%); aumento maior para os vales refeição e alimentação; e questões relacionadas à saúde, como, por exemplo, o acompanhamento dos bancários com sequelas da covid-19.

> Funcionários do Banco do Brasil entregam minuta específica > Reivindicações dos empregados já estão com a Caixa

"Trabalhamos nos últimos meses, ouvindo os trabalhadores para construir uma pauta de reivindicações que represente as necessidades de toda a categoria. Estamos buscando a renovação da CCT dos bancários e reivindicando avanços em diretos importantes e necessários. Nesse sentido, vamos defender as pautas trabalhistas e os reajustes com ganho real. Também é importante ressaltar que os trabalhadores precisam estar atentos às eleições gerais de 2022 para não cometer o erro de eleger representantes dos empresários e do capital. Precisamos lutar pela democracia e garantir a retomada do crescimento, com empregos e direitos, pelo combate à fome e pela preservação da vida".

Destaca o Presidente do SINTRAF/AP Samuel Bastos que representou o Sindicato na entrega da minuta em São Paulo.

“Entregue a pauta, vamos agora começar as negociações. Estamos juntos. Vamos ganhar esse jogo”, disse o presidente da Federação dos Bancários do Centro Norte (Fetec-CUT/CN), Cleiton dos Santos Silva, que é membro do Comando Nacional e participou da entrega do documento na sede da Fenaban.

Principais reivindicações Na pauta definida pela categoria destacam-se a reposição salarial e nas demais verbas com base na inflação do período entre 31 de agosto de 2021 e 1º de setembro de 2022 (INPC) mais 5% de aumento real. Veja outras reivindicações:

  • Aumento maior para o VR e VA;

  • Garantia dos empregos

  • Manutenção da regra da PLR, atualizada pelo índice de reajuste;

  • Fim das metas abusivas;

  • Combate ao assédio moral;

  • Acompanhamento e tratamento de bancários com sequelas da Covid-19.

Calendário de negociações As negociações já começam na semana que vem. Veja abaixo o calendário: Junho: 22 e 27 Julho: 6, 22 e 28 Agosto: 1, 3, 8, 11, 15, 18, 19, 20, 22, 23 e 24 Fonte: Redação da Contraf-CUT com edições do SINTRAF/AP


5 views0 comments