Abertura solene do 10º Confetec-CUT/CN destaca importância da unidade e da luta em defesa dos direit


9627e832cb3cc7fc6d24f580d03154dc

Com participação de 148 delegados, Congresso está sendo realizado em Cuiabá e termina nesta quarta-feira 19 com eleição da nova direção e plano de lutas Depois da análise de conjuntura com palestrantes convidados (veja aqui), o 10º Congresso da Fetec-CUT/CN prosseguiu nesta segunda-feira 17 à noite com a abertura solene do evento, inaugurada com uma saudação e agradecimentos do presidente José Avelino. Participam do Congresso, que está sendo realizado em Cuiabá-MT, 148 delegados dos 12 sindicatos filiados à Federação, eleitos em assembleias de base.

Além dos delegados inscritos, a solenidade festiva contou com a participação do presidente da Contraf-CUT, Roberto Von der Osten, do dirigente da CUT Nacional Daniel Gaio, do presidente da Fenae Jair Pedro, de presidentes das CUTs estaduais de Roraima, Mato Grosso e Rondônia (ambos bancários) e de representantes de diversas categorias do estado de Mato Grosso e de todos os sindicatos filiados.

O presidente da Contraf-CUT destacou o aniversário do golpe contra a democracia brasileira que culminou com o impeachment da presidenta Dilma Rouseff, que nesta data completou um ano. “É uma retomada continental que está ocorrendo, engana-se quem acha que foi algo restrito apenas ao Brasil ou à presidente Dilma”, avaliou. Segundo ele, existe concretamente uma luta de classe, onde os ricos estão ficando cada vez mais ricos, retirando direitos e conquistas dos trabalhadores. Chamou os trabalhadores à greve geral prevista para o próximo dia 28. “O grande desafio é defender o trabalho e direitos, que estão em risco pelo governo golpista de Michel Temer”, pontuou.

Resistir e lutar

O Presidente do SEEB/MT, Clodoaldo Barbosa, como sindicato anfitrião, deu as boas vindas a todos os presentes, chamando a atenção para os ataques que a classe trabalhadora vem sofrendo e para a necessidade da unidade dos trabalhadores como estratégia de resistência.

A tônica das saudações dos 12 presidentes dos sindicatos filiados girou em torno dos ataques sofridos pela classe trabalhadora promovidos pelo governo golpista e pela necessidade da união dos trabalhadores para enfrentar essa conjuntura de perdas de conquistas e direitos, que estão em risco pela famigerada “reforma da previdência e trabalhista” e na necessidade de fazermos uma greve geral forte para defender os direitos.

O presidente da Fetec_CUT/CN, José Avelino, também destacou a necessidade da união neste momento e lamentou a fundação de sindicatos de terceirizados que estão sendo fundados pela Força Sindical. ”A PEC da terceirização nem bem foi aprovada e eles já estão fundando sindicatos, sem representatividade e participação alguma dos trabalhadores. Num momento em que os trabalhadores precisam estar unidos”, lamentou Avelino.

Ele destacou o papel da Federação que neste ano completou 27 anos de fundação e que participou da fundação da Contraf-CUT. Falou sobre o desafio de observarmos a paridade, na nova direção da entidade. Chamou a todos à defesa dos bancos públicos e da classe trabalhadora.

São filiados à Fetec-CUT/CN os sindicatos de Brasília, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Campo Grande, Acre, Roraima, Amapá, Ride (Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno), Rondonópolis (MT), Dourados (MS) e Barra do Garças (MT).

O Congresso continua nesta terça-feira com a seguinte programação:

Dia 18

8h30 – Reinício do credenciamento.

9h30 – Aprovação do Regimento Interno do 10º Congresso.

10h30 – Balanço da gestão.

11h00 – Apresentação do caderno do texto de tese.

12h00 – Término do prazo do credenciamento dos delegados e delegadas.

12h05 às 12h30 – Prazo para credenciamento dos suplentes.

12h30 – Almoço.

13h30 – Alteração do Estatuto.

1530 – Plano de ação.

18h00 – Encerramento do prazo para apresentar as moções.

18h00 – Encerramento segundo dia.

Dia 19

9h00 – Aprovação das propostas do plano de ação.

10h30 – Eleição e posse do sistema diretivo.

12h00 – Encerramento com almoço.

Fonte: Fetec-CUT/CN

0 views0 comments