• sintrafap

Abertas inscrições para seminário sobre comunicação digital

Formação visa contribuir com o uso efetivo das mídias sociais pelos dirigentes sindicais e será seguida por duas oficinas sobre práticas de uso das ferramentas

A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) abriu inscrições para o seminário “Os Novos Símbolos da Comunicação Política”, que será realizado no dia 8 de agosto, como forma de dar continuidade às ações para o uso das ferramentas de comunicação digital pelos trabalhadores. “Trata-se de uma ação de formação direcionada aos dirigentes e às dirigentes sindicais da categoria bancária, com o objetivo de ressaltar a importância da comunicação digital e suas mídias sociais e contribuir para o aperfeiçoamento do uso efetivo destas ferramentas na luta da classe trabalhadora”, explicou o secretário de Formação da Contraf-CUT, Rafael Zanon. O seminário será realizado em formato eletrônico, por meio de plataforma de conferência digital. Não existe limite no número de participantes. Mas, para participar, as pessoas interessadas devem se inscrever previamente. Após a inscrição, cada uma delas receberá um link individual e intransferível para o acesso via internet. “Serão apresentadas as principais tendências da comunicação digital, contextualizada à luz dos desafios da ação sindical e da política, considerando a importância das mídias sociais e suas ferramentas, com abordagens sobre a modalidade do teletrabalho e suas implicações”, disse a secretária de Comunicação da Contraf-CUT, Elaine Cutis.


Oficinas

Após o seminário, serão realizadas duas oficinas distintas, nos dias 15 e 22 de agosto, com publico limitado de 25 pessoas por atividade. A oficina do dia 15, com o tema “Disputa nas Redes Sociais”, será focada nas ferramentas disponibilizadas pelas redes sociais (Facebook, Instagram, Twitter, Youtube e TikTok), abordará os aspectos de cada uma delas e debaterá as possibilidades de engajamento dos trabalhadores e suas pautas no meio digital. Já a do dia 22, com o tema “Diálogos Virtuais”, abordará as funcionalidades e estratégias possíveis a serem implementadas por meio dos aplicativos de mensagens eletrônicas WhatsApp e Telegram, com vistas ao maior engajamento dos trabalhadores nestas plataformas, análise de legislação pertinente e monitoramento de temas de interesse da classe trabalhadora. Os links para inscrições nas oficinas serão disponibilizados posteriormente. “É bom lembrar que a formação ocorrerá em meio às negociações da categoria, momento propício ao incremento das ações nas redes sociais”, lembrou o secretário de Formação da Contraf-CUT. “Precisamos potencializar a divulgação e a defesa das reivindicações que a categoria apresentou aos bancos para intensificar a participação e engajamento de toda a base nos debate e nas ações sindicais”, completou.


Veja abaixo a programação completa

8 de agosto de 2022 – 19h (via Zoom) Seminário “Os Novos Símbolos da Comunicação Política” Público: aberta, com inscrições prévias Inscreva-se antecipadamente: https://us06web.zoom.us/meeting/register/tZcqcuGpqz4iG9I24rquA7BUe6qQTV62–1D Evento aberto, realizado em formato eletrônico, apresentará as principais tendências da comunicação digital, contextualizada à luz dos desafios da ação sindical e da política considerando a importância das mídias sociais e suas ferramentas, com abordagens sobre a modalidade do teletrabalho e suas implicações e o engajamento dos trabalhadores. 15 de agosto de 2022 – 19h (via Zoom) Oficina: “Disputa nas Redes Sociais” Público: até 25 participantes, mediante inscrição prévia (o link será enviado em breve) Focada nas ferramentas disponibilizadas pelas redes sociais (Facebook, Instagram, Twitter, Youtube e TikTok) abordará os aspectos de cada uma destas e debaterá as possibilidades de engajamento dos trabalhadores e suas pautas no meio digital. 22 de agosto de 2022 – 19h (via Zoom) Oficina: “Diálogos Virtuais” Público: até 25 participantes, mediante inscrição prévia (o link será enviado em breve) Abordará as funcionalidades e estratégias possíveis a serem implementadas através dos aplicativos de mensagens eletrônicas WhatsApp e Telegram com vistas ao maior engajamento dos trabalhadores nestas plataformas, análise de legislação pertinente e monitoramento de temas de interesse da classe trabalhadora.


Fonte: Contraf/CUT

2 views0 comments