• sintrafap

A atuação dos sindicatos no combate à violência de gênero estará no FSM

Contraf-CUT vai explicar implementação do Projeto Basta! Não Irão Nos Calar!

A segunda das três oficinas que a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) propôs e organizou para a programação geral do Fórum Social Mundial irá abordar a atuação dos sindicatos no combate à violência de gênero, na quarta-feira (4), às 10h. Para se inscrever, clique aqui. O fio condutor da palestra será o projeto Basta! Não Irão Nos Calar!, que apoia a implantação de serviços e atendimento de mulheres em situação de violência doméstica e familiar em todo o Brasil. O projeto é desenvolvido nas federações e nos sindicatos da categoria e tem por objetivo capacitar as entidades a criar canais de atendimento às mulheres em situação de violência, com assessoria jurídica, desde a orientação para a procura dos canais e serviços públicos até orientações sobre questões como guarda dos filhos. “É um projeto muito importante, pois infelizmente há muitas mulheres, e entre elas muitas bancárias, mulheres em situação de violência. O atual governo desmontou praticamente tudo que tinha de avanço. Vamos fazer a nossa parte até colocar esse país de volta ao eixo. Temos que lutar, resistir e transformar o que pudermos por um país melhor, mais feliz, mais justo. Temos obrigação de fazer essa luta”, afirmou Fernanda Lopes, secretária da Mulher da Contraf-CUT. Na oficina, também serão apresentadas experiências no combate à violência de gênero de sindicatos da Espanha e da Colômbia.

Veja a programação da oficina:


Basta! Não Irão nos Calar!

  • 10h00 – Abertura

  • 10h15 – Maricarmen Donate, secretária Internacional da FeSMC-UGT (Espanha)

  • 10h30 – Sofia Trinidad Espinoza Ortiz, presidenta da Uneb (Colômbia)

  • 10h45 – Juvandia Moreira, presidenta da Contraf-CUT

  • 11h00 – Projeto Basta! Não Irão nos Calar!



Fonte: Contraf/CUT

3 views0 comments